07 março 2012

(...) O DESESPERO (...)

Confesso que quando ví Josep ao tremendo desespero, jamais pensei que fosse reagir de tal forma. Um pouco de raiva, frustração, indignação. Talvez até medo. 
Medo esse de perder uma Champions League que teoricamente, de acordo com os grandiosos especialistas, é o favorito. Porém, os falsos e levianos escritores esquecem que para ser um grande treinador, deve-se contudo ser um real líder, um gestor de pessoas. Um manager, mas não somente na beirada do gramado, fora dele também, no dia-a-dia. Não adianta chorarem, lamentarem, criticarem, Mourinho é melhor que Guardiola, e ponto.
Realmente, faltou antecipação, previsão ao Josep. Aliás, quero deixar claro que sou um grande admirador do Guardiola. Na beira do campo, principalmente no Camp Nou, é um gênio, um maestro com sua batuta a comandar o melhor time do universo. Entretando tal maestria não depende só dele. Depende da incompetente comissão técnica que não soube prever o que poderia e que pode com qualquer jogador, acontecer, por atuar em tantos jogos em sequência. 
Não é simplesmente confinar os jogadores com treinamentos "leves", regenerativos, dois toques, campo reduzido, corridinhas estúpidas e inúteis como o fazem. 
O que o adjunto de Josep esteve fazendo? É um inútil, burrinho. O que os médicos estiveram fazendo? Outros inúteis. É, realmente médico é apenas para tratar, porque medidas profiláticas sabem nada. Isso foi nítido nesta lesão do Alexis. Negligência, incompetencia, burrice. 
E o sistema de rodízio de jogadores que poderia ser feito? Ser humano não é maquina. Colocassem nem que fosse os mais inexperientes. O Barcelona não possui um modelo de jogo que é idêntico em todas as categorias? Isso não resolveria? Se não, menos pior ficaria.
Compreendo que Guardiola esteja com tanta gana, de ao menos ficar ao 5 ou 3 pontos do seu rival (rival que obviamente ja é campeão espanhol), contudo, não vai conseguir. O Camp Nou será o salão de festas do Real Madrid, que será campeão com no mínimo 12 pontos na frente dos melhores do universo.

Resumindo, faltou planejamento para o Barcelona. De nada adianta terem os melhores jogadores do mundo e o melhor treinador do mundo, se a administração não é feita de maneira eficiente e eficaz! Tenho pena.
O resultado é isso:

video

Grande abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário